POR OUTRO LADO...

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

SUINGUE, ELEGÂNCIA, HENRI SALVADOR

Mr. Obama aparentemente ultrapassou Mrs. Clinton em número de delegados nas prévias do Partido Democrata. Digo aparentemente porque se nem o Idelber e a própria imprensa americana conseguem explicar como é que funciona a indicação de um candidato para as eleições americanas, não seria eu a incumbir-me de tão indecifrável missão. O que é certo é que o QG da senadora está em pânico, com seus dirigentes sendo substituídos na reta final e o dinheiro minguando. A Casa Branca vai ter que mudar de nome, pelo andar da carruagem.

Por falar em afrodescendentes, o triunfo do Bahia sobre o Vitória no último domingo me fez lembrar um velho dito: dever dinheiro a pobre é uma desgraça. Melhor dever R$100 mil a um banqueiro que R$10,00 prum pobre. A torcida do incolor baiano, feliz como mosquito em cu de cachorro, julga que voltou ao céu ganhando uma partida sem a menor importância pelos critérios de classificação do Campeonato Baiano. E tome comemorações e gozações, completamente desproporcionais ao feito. Coisa de pobre, fazer o quê?

Mas não foi pra falar de Barack Obama e muito menos do Ypiranga, digo, do Bahia, que vim aqui dedilhar meu teclado preto. Vim para homenagear Henri Salvador, que morreu hoje aos 90 anos de idade. Um craque nascido na Guiana e que fez-se ícone da música francesa e mundial. Influenciou decisivamente a música brasileira nos anos 50, inspirando gente do naipe de Tom Jobim e João Gilberto para a formulação sincopada da Bossa Nova.

Ouçam aí embaixo uma apresentação do elegantíssimo Salvador na TV Francesa, interpretando Dans Mon Île, que foi lindamente regravada por Caetano Veloso no final dos 70.

Henri Salvador legou-nos mais que um estilo jazzístico único. Deixou um rastro de suavidade, como um bom perfume francês.

Atualização: A dica gentilmente oferecida foi preciosa demais pra ser desperdiçada. Leia nesse link o texto de Dans Mon Île vertido para o português. Bonito pra dedéu, confira.



Nenhum comentário: