POR OUTRO LADO...

domingo, 13 de maio de 2007

MARIA "CARMEN" CALLAS

Fuçando, fuçando, fuçando. Que achei? uma performance dela, Maria Callas, interpretando a Habanera, da ópera Carmen.

Callas não era só uma voz privilegiada. Era uma mulher magnética, dessas que te levam pro céu e pro inferno e você...vai!

Vê-la interpretando essa linda canção me emocionou por dois motivos. Primeiro porque a personagem Carmen, tão bem reproduzida na ópera de Bizet e no cinema por Saura, é uma mulher poderosa, impulsiva e de um poder de sedução tão irresistível quanto letal. Ninguém mais poderia ser a própria Carmen cantando como Maria Callas: visceral, inebriante.

O segundo motivo foi sentir que às vezes é fundamental resignar-se com a perda de uma mulher vulcânica para que a vida siga em frente.



Nota pós-publicação: prestem atenção que enquanto ela canta as coisas do amor, olha sempre pra um mesmo ponto da platéia. Aposto com quem quiser que o Ulisses do momento estava ali e desconheceu o conselho recebido, não tapou seus ouvidos com cêra. Lamento informar que não sei onde ficaram seus ossos.

Nenhum comentário: